24.10.10

É raro pegar no meu carro e por duas simples razões. A principal é que, como moro no centro de Gaia, praticamente tenho tudo à porta e depois porque o meu maridão tem carro da empresa, com o qual pode fazer pequenas viagens.

 

Portanto, desde terça-feira que o carro estava estacionado à porta de casa. Não estaciono no parque do prédio, porque é no -2 e a sua construção está tão errada, que a probabilidade de fazer estragos no carro é muito grande... Deixo então na rua e estava contente porque estava bem estacionado, bem encostadinho ao passeio.

 

Qual não é a minha surpresa, quando na sexta-feira recebo a visita de um casal amigo aqui em casa e me traz um pequeno papel da Polícia Municipal. Tinha uma multa. Motivo? Estava estacionado em sentido contrário...

 

Com tantas infracções por este país fora, foram pegar com um carro que estava muito bem estacionado. É a lei e há que fazer cumpri-la...

 

 

link do postescrito por anid, às 13:58  cusquices (5) opina à-vontade

24.6.10

Anteontem enquanto fazia a distribuição de correio no meu giro, subi um prédio com escritórios de advogados e como tal demorei mais um pouco (correio registado necessita de assinaturas e etc)... Bem, o certo é que como demorei muito, o barulho ensurdecedor de um cão a ganir ferozmente provocou-me dores de cabeça, dores de barriga e uma autêntica revolta com a crueldade de tal pessoa ou pessoas que pudessem fazer tal coisa a um animal. Parecia que o estavam mesmo a matar... Pior ainda estava, pois naquela zona da rua há um cão preto de porte grande que não tem dono, mas que como não faz mal a ninguém tem uma quantidade enorme de pessoas que se afeiçoaram a ele... Há até uma oficina que tem lá dois pratos com água e comida...

 

Quando desci para a rua, vi o cão sossegadinho no seu canto. Fiquei mais calma porque nada lhe tinha acontecido, mas vi um amontoado de pessoas que sussurravam entre elas. O que tinha acontecido afinal perguntei.

 

Do outro lado da rua, um homem com muito mau aspecto, com os seus trinta anos, estava rodeado de pessoas que estavam revoltadas contra ele. Tinha sido ele a bater no seu cão, que pelo que ouvi era um caniche pequeno. As pessoas chamaram a polícia e ainda ouvi dizer que houve dois jovens que entraram pela casa adentro dele para lhe tirarem o animal.

 

Como é possível alguém fazer isso a um animal? Como é possível alguém sequer pensar fazer mal a um animal?

sinto-me:
link do postescrito por anid, às 15:03  cusquices (2) opina à-vontade

19.6.10

Esta semana parecia não acabar e o dia de ontem foi o pior. Acordei com dores de cabeça e fiquei logo mal disposta para ir para o trabalho. Bastava dar um passo para sentir a cabeça a latejar fortemente e durante grande parte da manhã lá foi assim.

Para além disto, ontem as coisas não correram lá muito bem. Havia pouco correio - o que é de estranhar, pois a zona que faço é uma zona habitacional -, mas havia bastantes pacotes para entregar. O problema é que ontem as pessoas tinham ido todas passear e então andei com dois pacotes de fraldas atrás de mim o dia todo. Ainda assim, tive tempo para quase cair por duas vezes por causa dos passeios que são incertos e ainda deixei cair cartas ao chão. A sorte é que não havia vento...

 

O que havia para correr mal no último dia da semana correu... E eu que ansiei tanto pelo fim da semana...

link do postescrito por anid, às 11:39  opina à-vontade

26.5.10

Hoje ainda nem sequer tinha começado o meu giro e já ouvia um comentário em tom jocoso de um fulano de fato e gravata para o outro fulano que o acompanhava: 'olha, ali vai uma entregadora de papel'.

 

Será que somos apenas isso mesmo? Comparam-nos às pessoas que distribuem publicidade e enchem o nosso receptáculo (vulgo caixa do correio) de papelada por vezes desinteressante?

link do postescrito por anid, às 16:08  opina à-vontade

25.5.10

Além de estarmos sujeitos a apanhar com todo o tipo de intempéries, seja um sol abrasador ou um dilúvio como parece acontecer estes dias, ainda levamos com um menu do almoço em cima... Literalmente!

 

Foi o que me aconteceu hoje ao sair de um restaurante. A grande ementa de madeira levou com uma rajada de vento no preciso momento em que eu ia a passar. Ainda me consegui afastar, mas não foi suficiente. A quina apanhou-me o braço mesmo em cheio!!! 

link do postescrito por anid, às 17:49  opina à-vontade

10.3.10

Anteontem a televisão cá de casa, a da sala diga-se, avariou, o que se torna uma grande chatice, porque somos - isto é um tanto ou quanto vergonhoso - viciados em televisão. Não 'papamos tudo' como se costuma dizer, pois apreciamos uma boa série.

 

A questão é que costumamos jantar na sala e, como tal, a televisão é a nossa grande companhia.

Mas ela está avariada.

Anteontem ainda jantamos no quarto, mas não acho que seja muito higiénico, especialmente se formos comer peixe como aconteceu ontem (fiz pela primeira vez aqui em casa peixe em papelote - não ficou mal de todo...).

Então, apreciamos a companhia um do outro, ao som de uma boa música (da rádio M80 está claro!). Foi um momento muito bom, conversamos bastante sobre tudo e sobre nada.

 

Concluindo, damos demasiada importância a este membro da família...

 

link do postescrito por anid, às 12:24  opina à-vontade

4.11.09

... também têm que respeitar os mais novos, certo?

 

Ontem estava destinado a ser um dia perfeitamente normal. Saí ao início da tarde para ir passear, pagar contas, fazer umas compras para casa... E foi aí que a porca torceu o rabo, como se costuma dizer.

Fui à mercearia, escolhi o que queria e dirigi-me para o pequeno balcão para pagar. Como aquilo é estreito, a fila tem que ser respeitada e até aqui estava tudo a correr bem. A senhora pesou as minhas coisas e eu fui à carteira fui buscar um euro para depois receber uns cêntimos como troco. Porém, no momento em que ia receber e ia pegar na saca que estava no balcão, um senhor com uma certa idade e com uma diferença de altura bem superior à minha (tenho pouco mais de metro e meio... hi, hi, hi...), decidiu passar o braço dele por cima do meu ombro, precisamente do lado onde estava a minha saca, para pousar as coisas dele. Agora, pasmem-se um pouco mais: nem sequer era a vez dele a seguir, era de um outra rapariga... Lá consegui pegar na minha saca e ao virar-me fui contra ao homem, que estava praticamente colado a mim e ainda ficou a olhar para mim lá do alto do seu metro e oitenta... 

 

link do postescrito por anid, às 19:09  opina à-vontade

22.9.09

Não costumo criticar muito o que as pessoas vestem, até porque cada qual tem os seus gostos, mas...

 

A senhora em questão aprumou-se nos tons azuis do seu vestuário: um fato azul claro, uma camisola azul escuro e umas sandálias num tom azul estranho. Agora vem o meu susto: a senhora, depois de tanto trabalho, decidiu ser 'acompanhada' por uma carteira amarelo berrante!!!

 

link do postescrito por anid, às 19:37  opina à-vontade

4.9.09

... dores nos tornozelos (suspeita de tendinite no tornozelo direito depois de uma quase-queda há quase um mês). Irritada com isso, lá me dirige para o trabalho. Cheguei e ao entrar no elevador, a senhora da limpeza não conseguiu segurar a porta a tempo, levei com ela mesmo em cheio no joelho direito. Depois já no corredor caiu-me um botão do casaco e ao apanhá-lo rasguei as calças.

Pensei: 'o que falta acontecer?' Cheguei  ao meu local de trabalho, a minha supervisora pediu-me para fazer um extra ao meu serviço. 'Como?', perguntei-lhe. 'Além de me doer um tornozelo, agora dói-me o outro...'

 

O dia correu e ao final da tarde fui buscar os meus exames, que tinha feito há já uma semana e fui à médica. Depois de quase duas horas à espera, ela confirmou-me o que temia: tendinite traumática no tornozelo direito. Agora, medicação em cima, fisioterapia e baixa pelo menos durante uma semana...

 

sinto-me: em baixo
link do postescrito por anid, às 16:52  cusquices (3) opina à-vontade

4.2.09

... tanto, que quando me levantei da cama, fui derrubada por uma fraqueza nas pernas e estatelei-me no chão!

 

Apesar do aparato, o nariz ainda está intacto, ainda que pisado...

 

Só mesmo a mim...!!!

 

link do postescrito por anid, às 13:26  opina à-vontade


pesquisa
 
mais sobre mim
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Leitura em curso
Neste momento não leio nada, apenas escrevo...
comentários recentes
PROGRAMA DE AFILIADOS!Você está a procura de um re...
aqui no Brasil a gente fala muito mal o nosso idio...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
por acaso tambem andei muito a procura desta music...
Posts mais comentados
blogs SAPO